O projeto propõe oportunizar palestras e apresentações literárias exclusivamente a estudantes de escolas públicas, selecionando escritores, professores ou especialistas em determinadas áreas da literatura, possibilitando trabalhar as temáticas de uma forma mais dinâmica e consequentemente menos expositiva, técnica ou tradicional. Além de oportunizar e dinamizar o acesso ao acervo das Bibliotecas do Sesc.

 

PROGRAMAÇÃO 2020

Eduardo Krause - Memórias de um não-leitor arrependido

+

Eduardo Krause nasceu em 1980, em Porto Alegre. Publicitário formado pela UFRGS, em 2014, publicou o romance Pasta senza vino (em 3ª edição), ambientado na Itália, onde morou por um ano. Em 2018, lançou Brava Serena, romance finalista dos prêmios Minuano e da Academia Rio-Grandense de Letras, no qual retoma a temática ítalo-brasileira. Além de autor, Krause também é livreiro e palestrante, já tendo se apresentado em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, além de diversas cidades do interior do Rio Grande do Sul. 

Tema: Memórias de um não-leitor arrependido

Sinopse: Em conversa voltada ao público juvenil, Eduardo Krause trata de suas vivências como adolescente avesso aos livros que, só depois dos 30 anos, descobriu o prazer da leitura, se tornando, além de escritor, um leitor em busca do tempo perdido. Através de histórias bem humoradas e dados curiosos, Eduardo instiga o público a repensar suas experiências de leitura, tanto no âmbito individual quanto no coletivo.

Gabriela Silva - Leitura dos clássicos da Literatura

+

Gabriela Silva é natural de São Paulo, formada em Letras, especialista em Literatura Brasileira (2003), Formação de Leitores (2005), mestre (2009) e doutora (2013) em Teoria da Literatura pela PUCRS, sob a orientação do Prof. Dr. Luiz Antonio de Assis Brasil. É professora de literatura e escrita criativa nos gêneros poético e narrativo. Tem pós-doutorado na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa no Centro de Estudos Comparatistas e pela Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e Missões. É professora do ECON – Escrita Criativa Online – PT, coordenada pelo escritor e professor Luís Carmelo. Ainda é céu publicado pela editora Patuá em 2015 é seu primeiro livro de poesia. Tem artigos e ensaios publicados sobre escrita ficcional, escrita criativa e literatura. É uma das organizadoras do Escrita Criativa, pensar e escrever literatura, uma das primeiras publicações sobre o tema no Brasil, o livro foi editado pela PUCRS em 2012 com a coordenação geral de Luiz Antonio de Assis Brasil. É colaboradora do Jornal Rascunho. Tem diversos artigos e ensaios publicados em revistas e livros. Integra o grupo de Pesquisas Figuras da Ficção, coordenado pelo Prof. Dr. Carlos Reis, na Universidade de Coimbra.

Tema: Leitura dos clássicos da Literatura

Sinopse: A Leitura dos clássicos da Literatura é um encontro de estímulo à leitura. Ítalo Calvino nos diz em Por que ler os clássicos?, que uma obra clássica nunca esgota o que tem a dizer, ela sempre nos oferece perguntas e respostas sobre o mundo e a vida. Os clássicos então são obras repletas de imagens que povoam o imaginário de leitores de todas as épocas. Viagens ao centro da terra, monstros e fantasmas, personalidades incríveis e situações fantásticas, tudo é possível dentro do universo da literatura. Lemos os clássicos porque eles são atemporais, suas personagens, tramas e conteúdos nos levam para outros tempos e nos ensinam sobre a humanidade, sentimentos e formas de pensar de homens e mulheres que constituem a essência dessas histórias. Visitaremos Shakespeare, Edgar Alan Poe, Emily Bronte, Lewis Carroll, Oscar Wilde, Alexandre Dumas, Mary Shelley, Bram Stocker, entre muitos outros. A leitura dos clássicos proporciona novos conhecimentos e saberes para o imaginário dos leitores, fornecendo ideias e estimulando o gosto pela leitura e por novas aventuras estéticas e literárias.

Pâmela Amaro - Kantos do alto da Kakunda

+

Pâmela Amaro é atriz, cantora, compositora, música e arte-educadora. Com intensa produção artística em Porto Alegre, vem de uma família musical que a inspirou seguir pelo caminho das artes. Sambista, tem se destacado como compositora com músicas gravadas por artistas do Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Santa Catarina. Co-fundadora e organizadora do Sarau Sopapo Poético – Ponto Negro da Poesia, da Associação Negra de Cultura. Publicou poesias na antologia Pretessência/2016. Atuou em performances, espetáculos teatrais e musicais com grandes artistas da cena cultural do estado, em grupos como Caixa Preta e Usina do Trabalho do Ator. No cinema também gravou o filme Fábula de Porongos, de Manuela Furtado. Integra o grupo musical Três Marias. Está produzido seu primeiro EP solo autoral, chamado “Casa de Versos”. Recentemente, atuou como curadora e cantora no projeto Unimusica 2019, Cidade que se Vê/Cidade que se Escuta, com o show Choro e Samba Pedem Passagem.

Tema: Kantos do alto da Kakunda 

Sinopse: Performance poética que mescla poesias e cantigas da cultura popular afro-brasileira.e indígena. Pretende trazer à reflexão temas políticos importantes como Educação das Relações Etnicorraciais através de cantigas ao som de cavaquinho e toques dos tambores. Após a apresentação, faremos uma roda de conversa com os jovens sobre os temas abordados.

Ricardo Silvestrin - Oficina de Haicai

+

Ricardo Silvestrin é escritor, músico e professor de literatura. É formado em Letras pela UFRGS. Lançou vinte livros, sendo dez de poesia, um de contos, um romance e oito de poesia para crianças. Recebeu por cinco vezes o Prêmio Açorianos de Literatura. Entre seus livros de poesia, publicou dois haicais: Bashô um santo em mim e Prêt-à-porter. Também integra as antologias Cem haicaístas brasileiros (editora Massao Ohno), Haicais Tropicais (Cia das Letras) e Fropond (Antologia Mundia de Haicai, publicada nos Estados Unidos pela Haiku Society of America).

Tema: Oficina de Haicai

Sinopse: O haicai é um tipo de poesia que nasceu no Japão e conquistou o mundo. Sua forma breve, com apenas três versos, capta um instante do aqui e agora. Na oficina, vamos situar o haicai dentro da poesia, explorar suas diferenças e conhecer um pouco da produção japonesa e brasileira. Ao final, haverá um exercício criativo.

Valquíria Cardoso - Contos de Vários Cantos

+

Valquíria Cardoso é contadora de histórias, trabalha com teatro desde o ano 2000. Atuou em diversos espetáculos teatrais e fez cursos e oficinas com profissionais como Jessé Oliveira, Luíz Paulo Vasconcelos, Arlete Cunha, Paulo Balardim, Mário de Balente, Marcelo Restori, Jezebel de Carli, Eric Chartiot, Benita Prieto, Viviane Juguero, Francis Padilha, Simone Rasslan, Luíz Carlos Vasconcellos, Miguel Vellinho, Cia. Point Zero (Bélgica), Cia. Teatro Cinema (Chile), Serje Nicolai (Teatre du Soleil/ França), entre outros. Inicia sua lida como contadora de histórias em 2005, realizando apresentações e ministrando oficinas pelo interior do RS e em diversas regiões do Brasil. Destaca seus trabalhos na Feira do Livro de Porto Alegre como integrante da equipe de contadores do evento de 2006 à 2011 e até os dias atuais no Projeto Feira Fora da Feira realizado em abrigos, hospitais e casas de repouso; na Livraria Fnac de Porto Alegre onde ficou em cartaz de 2008 à 2017 realizando apresentações todos os sábados; em parceria com as Editoras Moderna e FTD, há 10 anos e 4 anos respectivamente, realizando apresentações e ações formativas nas escolas.

Tema: Contos de Vários Cantos

Sinopse: As histórias ajudam as pessoas a entenderem o mundo à sua volta, transmitem valores, provocam emoções e desenvolvem a curiosidade e o gosto que possivelmente as atrairão para a prática da leitura. Nesta apresentação literária, Valquíria Cardoso, integrante do Teatro Ateliê, convida o público a soltar a imaginação e a descobrir novos personagens e situações inusitadas que ora remetem a tempos distantes, ora fazem referência aos dias atuais. Contos populares brasileiros, clássicos mundiais, composições próprias, brincadeiras de repetição e desafios de linguagem colhidos em seus 15 anos de pesquisa e prática, fazem parte do repertório que compõe este momento de resgate e de encontro.