. .

Semana da Alimentação: feirinha de hortaliças na Casa Vida de Santa Maria promove a soberania alimentar para pessoas atendidas

Projeto da instituição possibilita que as famílias escolham os produtos que utilizam em casa
Experiência será compartilhada nas redes sociais nesta Semana da Alimentação

Em vez de um kit pronto com diversos tipos de hortaliças, que muitas vezes nem são utilizadas pela família, a Casa Vida de Santa Maria resolveu criar um projeto para promover a soberania alimentar para pessoas em situação de vulnerabilidade socioeconômica da comunidade. Depois de receber os alimentos do Mesa Brasil Sesc, a entidade realiza uma Feira Livre, na qual as famílias podem escolher quais verduras e legumes levarão para casa. “Já tive a experiência de pegar a sacolinha pronta, e dessa vez eu tive a oportunidade de eu mesma poder escolher o que estou precisando dentro da minha casa, o que foi muito bom”, comemora Kellen Sergelezi.

A assistente social Andréia Silva, que trabalha no local, explica que, no início, a mudança gerou um estranhamento, mas acabou tendo uma boa recepção. “Na dinâmica em que a gente está, na emergência da fome, dificilmente se dá a opção das pessoas poderem escolher, porque o alimento da cesta básica já vem praticamente pré-determinado. Porém à medida que eu fui conhecendo as pessoas que vêm retirar, a gente começou a perceber a necessidade de eles fazerem a escolha, até porque alguns não consumiam determinados alimentos dentro das duas casas, então eles trouxeram essa demanda. No início foi uma surpresa, mas foi muito bem aceito”, explica.

Além da questão da autonomia, Andréia ressalta que a Feira Livre gera também uma oportunidade de troca, para conhecer mais as famílias que são atendidas pela Casa Vida. “No momento em que eles estão fazendo a retirada do alimento, a gente consegue conversar e saber como está a família, como as crianças estão, entre outras demandas que eles precisam além da alimentação”, ressalta.

Parceiro da instituição, o Mesa Brasil Sesc recebe alimentos de empresas e da comunidade e os distribui para instituições sociais cadastradas na região de Santa Maria, Alegrete, Jaguari, Julio de Castilhos, Itaara, Itaqui, Santana do Livramento, Santiago, São Sepé, São Borja, São Gabriel, Rosário do Sul e Tupanciretã. Para a nutricionista do Programa em Santa Maria, Aline Braido, o projeto desenvolvido na entidade é um exemplo a ser seguido: “Além de instigar a soberania alimentar, a segurança alimentar e a valorização da cultura alimentar, a Feira Livre é um exercício de cidadania e de valorização das pessoas”, finaliza.

Durante a Semana da Alimentação, que ocorre de 11 a 16 de outubro, o Sesc/RS disponibilizará em sua página no Facebook (www.facebook.com/sescrs) e em seu perfil no Instagram (www.instagram.com/sescrs) uma série de orientações sobre a importância de comer com qualidade para ter uma vida saudável. Além da experiência da Casa Vida em Santa Maria, serão compartilhadas dicas de nutrição, receitas que estimulam o aproveitamento integral dos alimentos e informações sobre o que é importante observar nos rótulos quando vamos fazer compras no supermercado.

Mesmo em meio à pandemia, o Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac segue próximo da comunidade gaúcha. Seguindo as recomendações das autoridades e mantendo os cuidados com a saúde de todos, os serviços continuam sendo entregues e fizeram diferença na vida de milhares de pessoas em 2020, que passaram a ter à disposição alternativas virtuais de produtos e serviços. O portal www.pertodevc.com.br segue com programação on-line e gratuita em variadas áreas como: empreendedorismo, educação, esporte, saúde, cultura, lazer e ação social.