Apresentação

Data: De 15 a 26 de janeiro de 2024

O 12º Festival Internacional Sesc de Música atuará em dois principais eixos:

Pedagógico: Direcionado para estudantes e profissionais da música – oferece cursos de instrumentos, canto lírico, choro, prática de música de câmara, prática de orquestra e prática de banda sinfônica. A seleção ocorre por processo seletivo realizado pelos professores dos cursos, baseado em informações fornecidas pelos alunos no processo de inscrição. Os critérios de análise são currículo do candidato, onde consta suas experiências e trajetória musical, além da postagem de vídeo com execução do instrumento de interesse. Os cursos são para alunos que já possuem nível avançado e buscam aperfeiçoamento do fazer musical.

Sociocultural: Serão realizados concertos, recitais de alunos, recitais de professores e diversos espetáculos musicais para a comunidade.

O Festival disponibilizará vagas para alunos bolsistas, conforme as modalidades:

Bolsista Integral – ISENTO VALOR DE MATRÍCULA (curso completo + transporte Porto Alegre/Pelotas). *Alunos em geral;

Bolsista Integral Especial – ISENTO VALOR DE MATRÍCULA (curso completo + transporte Porto Alegre/Pelotas). *Alunos Projetos Vida com Arte / Unisinos e Escola da Ospa).

*Para as modalidades Bolsista Integral e Bolsista Integral Especial, o Festival possibilita por meio de parceria com hotéis a hospedagem durante o período integral do curso. Havendo interesse do aluno, no período de matrícula deverá efetuar o pagamento conforme os respectivos valores: R$ 420,00 – Bolsista Integral e R$ 210,00 – Bolsista Integral Especial.

Bolsista Parcial Especial – R$ 50,00 (curso completo) *Alunos Universidade Federal de Pelotas – UFPEL).

Bolsista Parcial – R$ 190,00 (curso completo + transporte Porto Alegre/Pelotas) *Alunos em geral, caberá ao aluno providenciar sua hospedagem durante o período do Festival.

A realização do Festival é do Sistema Fecomércio-RS/Sesc e tem o apoio institucional da Prefeitura Municipal de Pelotas/RS e apoio cultural da Universidade Federal de Pelotas, Universidade Católica de Pelotas, Faculdade Senac, Bibliotheca Pública Pelotense, OSPA, Unisinos e Expresso Embaixador.

Palavra da Direção

Aos poucos vão surgindo em nossa memória novamente o som dos acordes que tomam conta da cidade de Pelotas no mês de janeiro. É mais uma edição do nosso Festival Internacional Sesc de Música chegando, este ano, pela décima segunda vez.

Estaremos juntos de novo no Largo do Mercado Público, no Theatro Guarany, Bibliotheca Pública Pelotense e tantos outros lugares promovendo a cultura, a música, o intercâmbio entre diferentes países e o conhecimento em todas as suas instâncias. Mais do que um aprendizado, o Festival Internacional Sesc de Música é uma experiência.

Estamos preparando tudo com muito carinho e dedicação para recebermos os nossos alunos, professores, equipe e público, para fazermos história mais uma vez, proporcionando dias intensos e especiais para todos que apreciam o Festival.

A Fecomércio-RS, o Sesc e o Senac, seguem reafirmando o seu compromisso com a promoção da cultura e o bem-estar das pessoas. Esperamos todos vocês em 2024.

Continuem contando conosco!

Luiz Carlos Bohn

Presidente do Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac

Palavra da Prefeita

Nosso Festival Internacional Sesc de Música já é indissociável do calendário anual de Pelotas e, após mais de uma década de suas edições, passa a fazer história junto com a cidade que, desde sua fundação, tem a cultura como um dos vetores centrais de desenvolvimento, integração regional e, principalmente – compartilhamento e convívio. Desde 2011 nos habituamos a começar o ano desfrutando dos espaços públicos e do nosso inestimável Patrimônio Cultural e transitando por todos os territórios da nossa Pelotas: bairros, praias e Zona Rural para acompanhar um festival de música da maior qualidade.
 
Em 2018 Pelotas foi reconhecida pelo IPHAN como Patrimônio Cultural Material e Imaterial Brasileiro. Material por seu Conjunto Histórico de monumentos e prédios de arquitetura neoclássica e eclética, imaterial pelos saberes e fazeres das Tradições Doceiras. Foi nosso talento para acolher todas as etnias que vêm continuamente escolhendo Pelotas, desde o século XIX, como local de moradia e trabalho, que permitiu o diálogo criativo multicultural refletido nas Tradições Doceiras. Sem dúvida esse diálogo sempre esteve presente em outros campos da economia criativa, como o da música, pois Pelotas também é a Cidade do Choro, do Carnaval, do Tambor de Sopapo, elementos sempre referenciados e valorizados nesse festival, que já é considerado um dos maiores e mais importantes festivais de música de concerto da América Latina.
 
Nos orgulhamos de ter acolhido mais de três mil jovens instrumentistas ao longo das onze edições que trazem para nossa cidade um colorido particular no mês de janeiro. Transportando pelas ruas da cidade seus instrumentos enquanto se deslocam entre aulas, ensaios e recitais, fazem ressoar acordes e frases musicais que entreouvimos quando menos esperamos.
 
A continuidade do Festival é responsável pela formação de uma plateia de música de concerto que abrange todas as faixas etárias. Somos uma das poucas cidades do Brasil com a oportunidade de presenciar diariamente recitais com os melhores solistas de todo o mundo. Além dos concertos diários, programados por uma Direção Artística da mais alta qualidade, presenciamos a cada dia esses recitais onde solistas europeus, latino-americanos, japoneses e norte-americanos têm a oportunidade de exercer a maestria de suas técnicas em conjunto pela primeira vez.
 
A 12ª edição do Festival Internacional Sesc de Música possui um significado especial para mim: será minha última edição como Prefeita de Pelotas. Estive presente em quase todas as edições, e nos últimos anos coube a mim a honra de agradecer, em nome da minha cidade, à Fecomércio e ao Sesc por terem escolhido Pelotas como a sede do Festival. Por mais de uma década pude observar seu crescimento tanto em qualidade artística, devido ao empenho anual de seus organizadores, quanto na preocupação em alcançar todos os cidadãos pelotenses, ampliando territorialmente os locais de apresentações a cada nova edição. O Festival confirma e perpetua o protagonismo da cultura no modo de viver do pelotense. Ele também atrai visitantes de todo o país que costumam prestigiar seus eventos culturais mais importantes. Sem dúvida é nosso melhor exemplo de como o trabalho integrado entre o Poder Executivo, as universidades, as instituições diversas, a Fecomércio e o Sesc, beneficia a toda uma comunidade, proporcionando a democratização do acesso, a fruição e a educação, ao passo que fomenta o turismo, estimula a economia e a integração regional.
 
Agradeço profundamente, em nome de Pelotas, aos organizadores, à direção artística, aos músicos e orquestras, aos professores e solistas, aos alunos, aos apoiadores. É o talento e o empenho de todos que nos permite experimentar a cada janeiro a arte da música em sua instância mais sublime.
 
Agradeço também aos cidadãos e cidadãs de Pelotas, aqui nascidos ou acolhidos, que formam a plateia calorosa, educada e diversa do Festival. Foi pela sua presença, atenção e sensibilidade que capturamos o festival e o tornamos nosso.
 
Longa vida ao Festival! Que continue nos elevando a cada ano e que nos relembre a cada edição o que somos: coabitantes de uma cidade que respira arte e cultura.
 
Paula Schild Mascarenhas

Prefeita de Pelotas

Palavra do Diretor Artístico

Em janeiro de 2024, como já é tradição, alunos e professores de vários países deslocam-se para a “capital nacional do doce” para viverem uma verdadeira imersão musical. É o Festival Internacional Sesc de Música.

Através de atividades educacionais, sociais e espetáculos de altíssimo nível artístico o Festival conquistou a comunidade de Pelotas e de outras regiões, que prestigia o evento de forma intensa. Educar é transformar, e a música é um dos melhores instrumentos. A formação integral de um cidadão se dá pela educação somada a cultura. E estes dois pilares estão presentes nos valores do Festival, que educa para formar pessoas capazes de se comover e construir conosco um futuro melhor.

O contato dos alunos bolsistas e do público com renomados profissionais por meio de cursos de instrumentos, proporciona a organização de recitais, masterclasses e concertos. Serão realizados inúmeros espetáculos em inúmeros espaços da cidade de Pelotas. Estarão presente profissionais das Américas, da Europa e da Ásia, entre eles, nomes de reconhecida carreira internacional.

Na edição de 2024, a programação contará com os tradicionais concertos de abertura e encerramento, recitais de alunos e professores, concerto de música de câmara e terá como compositores homenageados Alberto Nepomuceno, Gabriel Faurè e Bedrich Smetana.

Com equilíbrio entre qualidade, ação social, diversidade e educação, o XII Festival Internacional Sesc de Música continuará se destacando como um evento de grande amplitude cultural, educacional e social, contribuindo para a solidificação das ações culturais do Sesc RS em nosso Estado e contribuindo para a desenvolvimento cultural e econômico da cidade de Pelotas e do Estado do Rio Grande do Sul.

Evandro Matté

Diretor Artístico

Comissão Organizadora

Silvio Alves Bento | Gerente de Cultura Sesc/RS
Anderson Mueller | Coordenador de Música Sesc/RS
Luis Fernando Parada | Diretor Sesc Pelotas
Viviane Guterres | Coordenadora Sesc Pelotas
Lucas Vidal | Agente de Cultura Sesc Pelotas

Comissão Artística

Evandro Matté | Diretor Artístico

Sala de Imprensa

Jornalistas que desejam receber materiais relacionados ao Festival Internacional Sesc de Música, podem entrar em contato com a Assessoria de Comunicação do Sesc/RS pelo e-mail sesc@moglia.com.br e/ou jornalismo@sesc-rs.com.br ou nos telefones (51) 3375-7430 e (51) 99546-6464.